Kiron, o curador ferido de Almas

Kiron é o curador ferido de Almas, o planeta que mostra onde o indivíduo precisa curar e ser curado para um primeiro estágio da libertação do sofrimento pessoal.

Muitas dores são compreendidas através de Kiron e dependendo da Casa e Signo que ele está representado do Mapa Natal, pode-se extrair muitas orientações e minimizar estas dores da Alma.

Kíron era um centauro, metade homem, metade cavalo. Em uma das versões do mito, ele se dedicava a curar outros centauros. Um dia, ao tentar curar um centauro que fora atingido por uma flecha envenenada, ele feriu-se e tornou-se, depois disso, o curador ferido, capaz de encontrar cura para os outros menos para si.

 

tree-738816_1920

 

Sempre que leio um Mapa e o consulente apresenta algumas questões pessoais com entraves difíceis de solução, entro nos aspectos que Kiron pode estar influenciando e oriento para que o consulente encontre as respostas a partir do que Kiron exige da situação existente.

Algumas feridas e dores jamais serão completamente curadas e neste sentido Kiron dá o recado de que o intuito não é a cura completa, mas o alívio daquela dor quando conhecemos os aspectos que ela envolve.

Um dos pontos mais fascinantes desta descoberta é a de reconhecer que somos imperfeitos e que nem só de alegrias e realizações pode-se viver. O aprendizado da dor nos torna humanos e sempre vivos para uma caminhada de crescimento pessoal.

 

Algumas palavras-chave de Kiron no Mapa Natal (casa ou signo):

 

Kiron na casa 1 ou em Áries : auto-imagem, corpo, aparência, treinador, ensina e não aplica em si mesmo, precisa de um parceiro para se afirmar.

Kiron na casa 2 ou em Touro: ensina ou aconselha, problemas com auto-estima, não dá valor a si próprio, precisa entender o valor das coisas.

Kiron na casa 3 ou em Gêmeos: desafio com irmãos, vizinhos e comunicação ; não sabe se colocar quando se comunica, dificuldade em expressar-se.

Kiron na casa 4 ou em Câncer: problemas familiares ou com pais, dificuldade em ter um lar ou sentir aconchego ; sentir-se um estranho no ninho.

Kiron na casa 5 ou em Leão: problemas na vida romântica, não se satisfaz facilmente, libertação da criatividade, necessita de palco mas faz os outros brilhar.

Kiron na casa 6 ou em Virgem:  cuidar mais de si, dependência dos outros , se alimenta mal, quer se sentir importante ajudando aos outros.

Kiron na casa 7 ou em Libra: sofrimento afetivo no casamento ou em parcerias, carente de afeto, salvador dos relacionamentos e conselheiro.

Kiron na casa 8 ou em Escorpião: cuidar de recursos dos outros, problemas sexuais ou insatisfação sexual, depressão e existencialismo, compulsão sexual.

Kiron na casa 9 ou em Sagitário: crenças e da religião, fanatismo e busca fanática, acha que nunca sabe o suficiente, necessidade de buscar conhecimento para se auto-afirmar.

Kiron na casa 10 ou em Capricórnio: se sente responsável para cuidar dos outros, exceto de si mesmo. Não se sente apoiado na própria carreira, sacrifício e abnegação.

Kiron na casa 11 ou em Aquário: dificuldade em ter ou manter os amigos, medo de multidões ou grupos. Busca participar compulsivamente de grupos, teme a solidão.

Kiron na casa 12 ou em Peixes: cuidar compulsivamente dos enfermos e dos infelizes, trabalhos missionários, desgaste da energia vital, quer bancar o herói.

 

Ao conhecer Kiron no Mapa, temos a plena consciência de onde trabalhar em prol deste crescimento pessoal e de sobreviver perante às limitações inerentes da Alma.

Share:
Paolla Nobrega

Paolla Nobrega

LIFE & WELLNESS COACH - Terapeuta holística e se dedica há mais de dez anos ao Ser humano de forma integrada, fazendo uso das Terapias Alternativas. Formada em Medicina Tradicional Chinesa pelo Instituto Sino-brasileiro de Acupuntura e Moxabustão, tem especialização em Dietética Chinesa e Fitoterapia Chinesa. Certificada pela Standford University em Micro and Macronutrients on Nutrition. Professora de Yoga, formada pela Universidade Castelo Branco em parceria com o Instituto Hindú Shaivagama de Yoga. Astróloga, formada pela URANTIAM.

Deixe uma resposta